Televisão || Las Chicas del Cable


Cabeza alta, orgullo y amor propio

Ponto número um deste post: estou obcecada por séries espanholas. E é uma ótima forma para não perder o contacto com a língua.

Ponto número dois: adorei Las Chicas del Cable. Eu sei, isto devia ser o fim do post, mas não resisti.

Vamos ao que interessa. Anos 20. Madrid. Chegaram as telecomunicações e as telefonistas começam a trabalhar. No entanto, a série não retrata só o que se passa na empresa. A série retrata assuntos que ainda são muito atuais como violência doméstica, bissexualidade, aborto, desigualdade. Não passa pelos assuntos de leve, vai a fundo, sem, contudo, ser muito pesada.

A diferença entre a série e a atualidade? As mulheres não tinham voz naquela altura. É neste cenário que quatro mulheres se juntam e tentam lutar por uma vida melhor. Quatro mulheres sempre juntas. Não há nada que uma não faça sem as outras.

A certa altura chegamos à década de 40 e à Segunda Guerra Mundial. E, do nada, vemos uma cidade totalmente diferente. Conhecer Madrid desta forma deixou-me assustada, confesso. Não esperava.

Ponto negativo: banda sonora

Universidade || Aulas Online

Então, sobre o meu primeiro ano em Ciências da Comunicação, eu não sei bem o que dizer. No meu primeiro semestres cheguei tarde, porque vim de Londres. No segundo semestre, chegou o vírus. No total, bem, possivelmente um semestre de aulas(?). Não faço ideia.



Estou há duas semanas a ter aulas online. Imensos pontos positivos, mas pontos negativos também. Confesso que ainda não consegui decifrar e acho que tenho uma relação de amor ódio. Sou uma pessoa super visual. Por isso, faz-me muita confusão não poder ver os professores a andar de um lado para o outro. Eu vejo-os, mas estão sentados, o que não me capta tanto a atenção.

Porém, adoro o facto de não ter de acordar duas horas mais cedo, para me arranjar e chegar a Braga. Já não me lembrava o que era isto - mentira, agora que penso, lembro-me de Madrid -. Posso ter aulas onde eu quiser, desde que tenha internet - jardim, sala, cama -.

Regra número um: nunca fico só de pijama e tomo sempre o pequeno almoço antes das aulas. Ter rotinas deve ser um foco a não perder, completamente. Evito ter o telemóvel perto de mim durante as aulas e tenho sempre os livros das UCs e o caderno de apontamentos.

Ponderei fazer os apontamentos no computador, mas assim não preciso de estar constantemente a olhar para o computador. Nunca gostei de passar dias a olhar para o ecrã e tem sido isso que tem acontecido. Os professores dão as aulas, no horário estipulado, e resolvem dar trabalhos (para casa) para o dia seguinte. Ou seja, tenho aulas das 10 às 17 e depois tenho de fazer trabalhos para lhes enviar por e-mail.

Tudo se aguenta, e se tem de ser assim, que seja. Vamos fazer os possíveis para correr bem!

U.DREAM || À distância também se ama


A U.DREAM é um dos projetos que mais me orgulho de ter feito parte. Continuo a acompanhar diariamente os passinhos que continuam a dar e a verdade é que me orgulho imenso de todos os sonhos, campanhas e outras coisas que vão sendo feitas.

Face à fase em que nos encontramos, a UD decidiu atuar. Se estás em casa, podes ocupar o teu tempo a escrever. Se estás a trabalhar e a situação não te permite estar com os que mais gostas, esperam-te muitas surpresas.

Estou em casa. O que fazer?

Estamos (quase) todos em casa. Estou no meu oitavo dia em casa. As aulas começaram ontem online. Até ver, estou a lidar bem com esta situação. Já tenho coisas engraçadas para contar. Já experimentei muitas aplicações novas. Já vi muitos filmes e séries. Até estudei.


Queres ideias de coisas a fazer?

Prendas || Quadros Personalizados


"Cada quadro conta uma história, cada um me dá uma visão de uma pessoa que eu nem conheço, cada um me deixa ansiosa e orgulhosa. Procuro que cada quadro seja diferente e que vá completamente ao encontro das expectativas e personalidade da pessoa."

1 + 3 || Carta para a Joana



À criança que fui.
Não sei se estás orgulhosa pelo que me tornei. Espero que sim. Fiz por isso, pelo menos. Mais do que ter boas notas e ser aplicada e isto e aquilo, pus sempre o máximo de mim em tudo o que fiz. Não desisti dos sonhos que tinhas. Continuei a dançar. E até fiz o exame de ballet da Royal, o grau VIII. Sei que disto não estavas à espera. Sei que gostavas de conhecer o Mundo. Estou a trabalhar nisso. 
Olha, perdi o medo de cães, mas não de todos, só daqueles em que acho que posso confiar. Lembras-te quando em pequenina adoravas ir às feiras medievais? Lembras-te que havia a Feira Joanina em Guimarães? Agora há a Feira Afonsina. E adivinha. Não perdi o gosto por isto. Isso e o gosto pela fotografia. Posso não fazer nada de jeito, mas não há nada como registar momentos!
Sabes? Continuo apaixonada pela tua cidade, pelo teu clube, pelas tuas tradições. Não mudou nada. Já tirei a carta, orgulha-te - mas não gosto de conduzir -. Tenho aprendido tantas coisas novas. 
Somos iguais a inventar letras de músicas, não duvides. O Natal continua a ser uma das minhas épocas preferidas, e continuo a gostar do frio e da chuva. Custa menos acordar com escuro do que levar com sol na cara. Há coisas que nunca mudam.

Nem sempre vais saber o caminho certo || A vida vai dar-te muitas voltas. Não vais acabar o Mestrado. Mas vais entrar no curso que sempre quiseste. Vais tirar muitas fotografias e amar experimentar rádio. As coisas acontecem por um motivo, ainda que não saibas qual é.

Família vai ser sempre família || Não vais nunca esquecer o que te ensinaram sobre "amigos que são família e família que são amigos". Abraça muito. O amor existe e existe para ser partilhado.

Aprende a gostar de ti || Vais ter mais fotografias tuas. E vais gostar do que vês. Vais gostar daquilo que fazes. Confia mais em ti. E voa.

Não tenhas medo || Receber um não também pode acontecer. E então? Vai. Mesmo que com medo. O pior que pode acontecer é a tua vida ficar exatamente como está. Vais ter medo de muita coisa, mas não serias tão feliz se assim não fosse.

EF || Aprender uma língua no estrangeiro



A vantagem óbvio: estás em contacto 24/7 com a língua.
A verdade é que viajar te transforma numa pessoa totalmente diferente. E se a isso puderes juntar outra coisa que gostes (ou necessites), é o match perfeito. Vais obrigar-te a falar nas aulas, em casa, na rua, nas compras, em todo o lado. Vais ter de treinar a língua quase 24/7. 

Ao estares num lugar que não é o teu lugar seguro, vais perceber melhor o mundo. Em que sentido? Vais quebrar barreiras e desconstruir todos os preconceitos e estereótipos que possas ter. Ao sair da tua zona de conforto, conheceste muito melhor. Vais saber mais sobre ti e os teus limites.

Conhecer pessoas novas, de todos os cantos do mundo. Acreditas se te disser que tens um sítio para dormir noutros países? Só tens de ser tu próprio e não esquecer que estão todos no mesmo barco. Vai ser peanuts fazer amigos novos.

Não há nada melhor que visitar uma cidade com locais. Vais ter essa oportunidade ao estar numa hostfamily. Vão dar-te as melhores dicas para conheceres a cidade como a palma da tua mão. 


Mais posts sobre a EF aqui.

APP || Peoople


Quem ainda não ouviu falar da nova aplicação Peoople? Bem, na verdade não é assim tão nova. Começou em Espanha e está agora a ser descoberta em Portugal.

Em que consiste a aplicação? Recomendações, desde restaurantes, a músicas, pessoas, hotéis. Qualquer coisa. É-te dada a possibilidade de dares a tua opinião, seguires pessoas, e veres as suas opiniões. Podes guardar as recomendações que mais gostas e organizar em coleções, de forma a facilitar a procura no teu perfil.

Se é possível ganhar dinheiro com a Peoople? Sim! Basta atingirem o nível de Influenciador, através de pontos que ganham com partilhas e seguidores.

Instalem a aplicação através deste link.

Madrid || Parque Warner


Tal como já disse aqui, o Warner é o Parque fofinho e bonitinho, com a casa da Avozinha, onde podem encontrar o PiuPiu, o camarim do Pato Lucas e a toca do Bugs Bunny. Podem ver o espetáculo dos Looney Tunes, do Batman e a Academia de Polícia. No Halloween há imensas (mesmo muitas!!) passagens do terror. 

Tom & Jerry, ou a montanha russa que repeti vezes e vezes sem conta com o meu pai quando ainda não podia andar em praticamente nada pela altura. A alegria é real. É uma montanha russa para crianças, como Correcaminos BIP BIP, que parece menos mexida do que realmente é. 

No Halloween apenas tive oportunidade de experimentar a passagem do Freddy Krueger e fiquei muito feliz por não ter pesadelos nessa noite! Confesso que sou muito medricas nestas coisas. Pelo que sei está nova, e pior. As experiências são imensas e, caso tenham oportunidade, façam-nas! As filas nesta altura são gigantes, porque em Madrid eles vivem intensamente esta época do ano, mas não deixem de tentar. 

Podem ainda encontrar a louca montanha russa do Super Homem e a apertada do Batman, que podem experimentar com óculos de realidade virtual. O Super Homem prima pela altura de 50 metros, a uma velocidade de 90 quilómetros por hora e o Batman pelo facto de irmos sentados, mas o carrinho ser suspenso. 

É neste parque que encontram uma das minhas montanhas favoritas, a Stunt Fall. Conhecida pela montanha russa dos duplos, simula uma cena de ação durante todo o seu percurso, contando com seis (não tinha noção!) inversões realmente intensas. 115 km/h, 65 metros de altura e um efeito boomerang. 

A montanha russa de madeira são autênticos pauzinhos de gelados uns em cima dos outros e treme bastante, é muito alta e já a vi avariar algumas vezes - nada que não se resolva -. A casa assombrada é uma espécie de simulador, misturando ilusões de ótica e físicas. Nas primeiras vezes que andei, confesso que a confusão era real, não sabia muito bem para que lado estava virada.  

Excelente parque para o Verão, com as famosas Cataratas Salvajes, o Río Bravo e os Rápidos ACMEOso Yogui, a mais recente atração de água, parece a atração calminha, com o pensamento deve molhar pouco, é para crianças. Enganem-se, é nesta última que mais me molho, sempre. Se gostam muito de água, podem ir ao Parque Warner Beach.  

  
Preço: grátis até 1metro de altura; restantes, média de 35€, dependendo da vossa altura e da altura da compra e da ida (há imensas promoções, principalmente online) 
Horário: o parque fecha em janeiro e fevereiro; em outubro e novembro está apenas abertos aos fins de semana. 
Localização: San Martín de la Vega - existem autocarros que podem pesquisar no site que ficam mais baratos quando compram transporte + entrada  
  
Podem consultar mais no site oficial aqui.